Evolux Sistemas

Desenvolvedor de software de março de 2015 à junho de 2018 em Natal, RN

Evolux é uma plataforma web de Call Center como um Serviço originalmente desenvolvida sob o modelo on-premise utilizando Python e FreeSWITCH. Ela entrega toda a tecnologia necessária para a implantação e execução de um Call Center e atende a clientes com operações diferenciadas e de alto valor agregado no Brasil e no mundo.

Hoje ela possui quase uma década de mercado e ocupa um andar inteiro de um dos maiores prédios comerciais da cidade, o International Trade Center, mas quando entrei na empresa, a equipe ainda era muito pequena e ficávamos abrigados em uma casa num bairro residencial. Isso possibilitou, por exemplo, que eu trabalhasse lado a lado, na mesma sala e às vezes até na mesma mesa, com o CTO da empresa. A Evolux vem se desenvolvendo bastante nos últimos tempos e foi muito bom para mim poder fazer parte e contribuir com todo esse crescimento.

Um dos recursos mais importantes que implementei foi o suporte à multi-tenancy, o que representou um grande salto para a plataforma e um desafio para todos do time, pois era necessário escalar e distribuir a nossa solução. Durante esse projeto, eu interagia diariamente no Slack com um time de desenvolvimento remoto da Star2Star, uma das nossas empresas parceiras baseada na Flórida, e fazia chamadas de videoconferência semanalmente em Inglês.

No dia-a-dia, eu implementava novas funcionalidades, participava de decisões de arquitetura de software e ajudava a recuperar a operação de clientes quando aconteciam incidentes críticos. Ao longo do tempo, acabei assumindo um papel de liderança na equipe, organizando o backlog, realizando as reuniões e ritos do Scrum e gerenciando o Sprint. Fiz muitos amigos lá dentro e a minha maior paixão era poder remover impedimentos.

Em 2016 eu fui convidado e patrocinado pela empresa para participar da ClueCon em Chicago, nos Estados Unidos. Veja mais em conferências.

  • Desenvolvimento web Full Stack usando Python, JavaScript, C e FreeSWITCH.
  • DevOps e recuperação de serviço em worst-case scenarios.
  • Responsabilidades de Scrum Master em adição a outras atribuições no mesmo time.

EasyDiet

Consultoria e outsourcing de julho de 2017 à dezembro de 2017 em Natal, RN

EasyDiet é uma plataforma web para nutrólogos e nutricionistas. Ela foi idealizada por profissionais da área com o objetivo de ajudá-los com o trabalho e melhorar o atendimento ao seus pacientes.

O sistema foi feito em Python utilizando o framework Django. Havia também uma landing page e um blog feito com o CMS WordPress. A EasyDiet terceirizou desenvolvimento de software comigo através de um contrato de prestação de serviços e eu contratei algumas pessoas para trabalharmos juntos nesse projeto. A plataforma já existia antes da gente, nós apenas finalizamos o sistema e implementamos novas funcionalidades estratégicas.

  • Finalização do sistema, implementação de novas funcionalidades e aconselhamento técnico.
  • Contratação e supervisão de pessoas para trabalhar no desenvolvimento da plataforma.

Ubby

Desenvolvimento de software de março de 2017 à abril de 2017 em San Francisco, CA (remoto)

A Ubby é uma starup do Vale do Silício. Eles fazem uma plataforma de social e-commerce onde os usuários são capazes de compartilhar opiniões e recomendações sobre serviços e produtos, gerando atenção, engajamento e vendas. Os usuários recebem comissões automáticas sobre as vendas feitas através de micro-pagamentos. Isso é possível graças a adoção da tecnologia de Blockchain.

Eles têm aplicações nativas para Android e iOS, que consomem uma API em Node.js hospedada na AWS. Foi uma experiência que durou pouco tempo, pois eu ainda trabalhava na Evolux, mas ela me impactou profundamente. Conheci pessoas muito interessantes como o Guilherme Santana, o Maiko Trindade e o Luíz Augusto, que também é aqui de Natal/RN.

  • Corrigir bugs legados em uma API em Sails.js.
  • Conectar-se com outras APIs de plataformas de recomendação como, por exemplo, Lomadee.
  • Agregar os dados adquiridos de diferentes fontes.

Roboeduc

Gerente de desenvolvimento de agosto de 2013 à março de 2015 em Natal, RN

A Roboeduc é uma escola de programação e robótica feita para crianças e adolescentes. Eles tinham um sistema web que servia de apoio para as aulas e os exercícios de casa. Esse sistema era feito em Groovy on Grails e também cobria a parte financeira e administrativa da empresa.

O sistema também possuía um ambiente de programação web, que permitia programação textual e visual através blocos lógicos, similar ao MIT App Inventor (Blockly). Os alunos eram capazes de compilar e verificar suas soluções online antes de enviá-las aos dispositivos (LEGO NXT, LEGO EV3 ou Arduino) sem precisar sair do navegador. Esse ambiente de programação foi feito por mim e começou com uma bolsa oferecida pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no laboratório Natalnet.

Eu também dei aulas de robótica durante um certo período, para melhor entender o uso do sistema e as necessidades de seus usuários. Essa experiência foi tema de uma palestra na Python Nordeste 2015, em Natal/RN. No perído em que eu trabalhei na empresa, publiquei alguns artigos na comunidade acadêmicia em parceria com alguns dos sócios da empresa como Aquiles Burlamaqui, Renata Pitta e Sarah Thomaz.

  • Desenvolvi um ambiente web de programação.
  • Ensinei robótica e programação para crianças e adolescentes.
  • Adicionei funcionalidades e mantive o ERP da empresa.
  • Gerenciei a equipe de desenvolvimento utilizando metodologias ágeis.
  • Atribuições de Scrum Master e Arquiteto de Software.

Tecno Escola

Sócio-fundador em 2014 em Natal, RN

A Tecno Escola era um projeto de startup fundado por mim e mais dois colegas de faculdade. O objetivo principal era ensinar competências a alunos de graduação e preencher a lacuna entre a universidade e o mercado de trabalho.

Infelizmente, ela não progrediu, mas eu aprendi bastante coisa durante o processo e fiz muitos contatos e networking no cenário empreendedor local e nacional. Foram lições poderosas como, por exemplo, a de que existe um abismo enorme entre intenção de compra e o ato de compra em si.

A empresa era incubada na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) pela Inova Metrópole, a incubadora de empresas do IMD, o Instituto Metrópole Digital. Nós utilizavamos o método Lean Startup e o Business Model Canvas. O SEBRAE também foi muito presente durante o tempo em que ficamos incubados lá.

  • Organização de cursos, coding dojos, oficinas e outros eventos.
  • Participação em conferências e capacitações em empreendedorismo.
  • Design de uma plataforma de cursos online.
  • Marketing digital através de Redes Sociais.

Natalnet

Bolsista de iniciação científica em agosto de 2013 em Natal, RN

O Natalnet é uma rede de laboratórios da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que trabalha com tecnologias assistivas, visão computacional, inteligência artificial, TV digital e robótica.

Eu trabalhei com robótica e sistemas web e a principal tecnologia desenvolvida por mim no laboratório foi um ambiente de programação baseado na web. Esse sistema permitia que usuários programassem através do navegador e testassem e compilassem suas soluções online. O objetivo era utilizar o sistema no ensino de disciplinas de programação tanto com alunos de graduação em cursos de tecnologia quanto com alunos do ensino regular da rede pública.

Eu entrei no laboratório como voluntário através do professor Rafael Vidal Aroca, enquanto cursava o Bacharelado em Tecnologia da Informação. Depois de pouco tempo, recebi uma bolsa de iniciação científica pela FAPERN, a fundação de amparo à pesquisa aqui do estado. Após um mês como bolsista, fui convidado para trabalhar na empresa Roboeduc através de um projeto do CNPq chamado Pesquisador na Empresa, para desenvolver o projeto do ambiente web de programação.

  • Desenvolvi um ambiente de programação baseado na web.
  • Ministrei cursos e apresentações para alunos de graduação.